O desabafo emocionado do Professor José Eduardo Lutaif Dolci
06/08/2020

Confira a declaração de fé à Medicina e à Democracia de José Eduardo Lutaif Dolci, professor Titular de Otorrrinolaringologia e diretor da Faculdade de Ciência Médicas da Santa Casa de São Paulo, candidato a Diretor Científico da Associação Médica Brasileira pela Chapa Nova AMB, sobre as notícias falsas das quais têm sido vítima.

“Desde bem jovem, sonhava ser médico, para cuidar das pessoas, curá-las de suas doenças e, acima de tudo, ser digno da confiança de meus pacientes. Não imaginava que, um dia, colegas me atacassem por questões ideológicas, aliando-se aos que propagam a mentira, a calúnia, a injúria e a difamação.

Pois é exatamente isso que tem acontecido, por ter ousado exercer o direito democrático de apoiar a Chapa Nova AMB, que concorre à direção da Associação Médica Brasileira. Conspurcam seus estudos, diplomas e atuação por motivos torpes. Nem sequer têm a coragem de me confrontar frente a frente. Ofendem minha esposa, que dedica sua vida à defesa do consumidor.

Tomarei as providências judiciais cabíveis pois, ao contrário destas pessoas, acredito na democracia e no estado de direito. Quando tenho alguma divergência com alguém, não recorro ao anonimato nem a postagens. Falo na cara.

Mas, infelizmente, o Brasil se divide entre dois extremismos, com suas práticas antidemocráticas. Não me vinculo a inimigos da democracia, sejam de direita ou de esquerda. Não me valho de subterfúgios covardes e desonestos para fazer valer minhas ideias. Sou um democrata, e minha vida profissional e pessoal fala por mim.

Adeptos de fake news e robôs podem jogar sujo, muito sujo, que não descerei ao esgoto político. Medem-me com suas réguas, pois sempre habitaram as regiões contaminadas pelo coronavírus da infâmia e da covardia. Não abrirei mão, jamais, dos valores interioranos com os quais fui educado. Aos detratores, a justiça dos homens e a de Deus.”