Agradecimento
30/08/2020

Caros amigos,

Muito obrigado pelas incontáveis manifestações de incredulidade e indignação que amavelmente me enviaram ao conhecer o teor das mensagens que a chapa 1, DIOGO – JUNTOS PODEMOS MAIS, de maneira vil, maldosa, injuriosa, caluniosa e cruel, tem postado em suas mídias sociais sobre a minha conduta como líder associativo, como pessoa e como médico. Entretanto, quero também registrar que, por outro lado, fiquei envaidecido por essas mensagens de apoio, consideração, respeito e solidariedade recebidas de cada um de vocês.

Que mais eu poderia almejar na vida que o apreço dos meus pares, meus colegas médicos que conhecem a minha verdadeira história. Saibam que, reciprocamente, eu também lhes devoto elevada estima e admiração. De alguém que prática a medicina em seu conceito mais amplo não se poderia esperar outra coisa. Quem pratica o que estas mensagens professam, não são médicos. Na verdade não sabemos o que de fato são.

Estejam certos, no entanto, de que não deixarei me abater por tamanha barbarie e linxamento que, de forma traiçoeira e covarde, fazem comigo, com a minha história e com a minha honra. Para isso lembro o poeta

Gonçalves Dias:
“Não chores, meu filho;
Não chores, que a vida
É luta renhida:
Viver é lutar.
A vida é combate,
Que os fracos abate,
Que os fortes, os bravos
Só pode exaltar.”